Sejam bem vindos ao Emilia Clarke Brasil, sua mais completa fonte brasileira sobre a atriz Emilia Clarke, mais conhecida pelo seu papel na série de TV "Game Of Thrones" como Daenerys Targaryen. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, canal com vídeos legendados, fotos e muito mais. O nosso site não tem nenhum tipo de afiliação com a atriz, sua família ou seus representantes. Não somos a Emilia e não temos o mínimo de contato com a mesma. Todo o conteúdo do site, fotos, informações, vídeos e gráficos pertence ao site, a não ser que seja informado ao contrário. Site de fãs para fãs, sem fins lucrativos. Divirta-se com variedade de informações!
01 de setembro

Emilia Clarke usou uma ampla variedade trajes ao longo de seu tempo como Daenerys Targaryen em “Game of Thrones”, mas nem todos os trajes, que incluíam roupas pesadas e quentes em locais de clima desértico, eram realmente confortáveis; mais estranhamente os figurinos eram mais desconfortáveis para as meninas do programa.

Durante o Festival de TV de Edimburgo, Clarke conversou com o diretor de “Uma Segunda Chance Para Amar”, Paul Feig, e revelou que os atores homens de “Game Of Thrones” recebiam um tipo de sistema de refrigeração nos seus trajes para enfrentarem o calor, mas que “isso não era permitido às meninas” – explicando que para evitar a exaustão pelo calor nas gravações, elas tinham que se virar usando gelos.

“O que os meninos têm, nós nunca poderíamos ter nos nossos trajes. Os caras da Patrulha da Noite, Jon Snow, usavam um tipo de roupa de pele de mamute o tempo todo”, disse ela, descrevendo com precisão as roupas cobertas de pele preferidas pelos nortistas. “Quando estávamos filmando coisas em um país quente, quando eles tinham todas essas coisas ligadas, eles tinham uma bomba que tinha seu próprio pequeno refrigerador acoplado aos figurinos”.

Ela então explicou que esses refrigeradores nos trajes eram usados “para bombear água fria para esses canos e resfriá-los, de modo que eles tivessem um tipo estranho de sistema de resfriamento”, acrescentando que “isso não era permitido às meninas”.

Clarke continuou explicando que tinha que se virar como conseguia usando gelos, observando que “é muito difícil, eu estou de peruca, eles não fazem compressas frias, sabe, então você coloca compressas de gelo em si mesmo”. Bem, este está longe de ser o único episódio bizarro de relatos de sexismo nos bastidores de “Game of Thrones”, enquanto eles foram forçados a enfrentar a exaustão pelo calor, as garotas sofriam mais, quando isso não era realmente necessário.

Em março, Clarke descreveu que, assim como os fãs, não gostou do final da série, bem como o final reservado para sua personagem. Ela descreveu que ficou “irritada” com isso: “Sim, eu senti por ela [Daenerys]. Eu realmente senti por ela”, ela contou. “E sim, eu estava irritada, que Jon Snow não teve que lidar com nada? Ele escapou de um assassinato – literalmente”.

Durante a entrevista com Feig, Clarke também compartilhou o desafio de conseguir aprender todas as suas falas em Dothraki. Ela contou que às vezes, as coisas ficavam tão difíceis que os produtores David Benioff e DB Weiss diziam para ela para simplesmente inventar as falas. “Houve algumas tomadas em que basicamente fiz ‘MMMBop’”, disse rindo. “Eu pensava, ‘Emilia, você não fez nada, acabou de refazer um clássico do Hanson’”.

Fonte: Categoria Nerd

Emilia Clarke Brasil • Hospedado por Flaunt • Layout por Lannie D